“Castanha beirã: das raízes e tradições à pesquisa laboratorial que justifica a sua reintrodução numa dieta saudável do século XXI”

 

O Projeto “Castanha beirã: das raízes e tradições à pesquisa laboratorial que justifica a sua reintrodução numa dieta saudável do século XXI” está quase a terminar! Na passada quarta-feira o grupo de investigação da ESAAG divulgou alguns dos resultados, numa video conferência. Os objetivos do Projeto foram todos alcançados, embora o grupo de trabalho pretenda continuar a investigar o fruto no sentido de estabelecer uma ponte científico- pedagógica entre os produtores locais e os consumidores. Alguns dos produtos finais podem e devem ser comercializados. Agora têm de se arranjar empresas que queiram investir nas ideias do Projeto. Com várias entidades parceiras e muitas ideias o caminho parece viável e agradável! O Agrupamento, que ganhou 500 euros na primeira fase do Projeto, já sonha com um lugar na final. Os prémios são bons e ajudariam monetariamente o grupo a sobreviver mas, os fantásticos momentos já estão ganhos! A etapa seguinte é MUITO trabalhosa mas a equipa da casa, orgulhosa com os resultados, vai lutar para ficar bem classificada a nível nacional. Força, para nós!!!

 

               17238124_1429198760484863_619011991_n[1]          

  17198625_1429204887150917_872321643_n[2]      

 

 

 

A equipa de Investigação

 

Professora Doutora Alina Louro

Professora de Física e Química

Coordenadora do Projeto

 

 

Mestre Alcina Barata

Professora de Biologia e Geologia

 

 

Marco Pina de Sá

Aluno do 11º Ano

 

 

Joana Ferreira

Aluna do 11º Ano

 

 

Maria Tapadas

Aluna do 11º Ano

 

 

Carolina Ferreira

Aluna do 11º Ano

 

 

Tatiana Fonseca

Aluna do 11º Ano